Logo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo
Logo do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo
Logo da Federação Internacional de Jornalistas
Logo da Central Única dos Trabalhadores
Logo da Federação Nacional de Jornalistas

Nota de solidariedade a Paulo César de Andrade Prado: pelo direito ao livre exercício do jornalismo

Nota de solidariedade a Paulo César de Andrade Prado: pelo direito ao livre exercício do jornalismo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) receberam com muita preocupação a notícia da prisão de Paulo César de Andrade Prado, responsável pelo Blog do Paulinho, ocorrida na manhã desta terça-feira (28) após a expedição de um mandado da 26ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP).

O Sindicato entrou em contato com os representantes legais de Paulo César, mantendo-se à disposição para o acompanhamento do caso. 

O autor do Blog do Paulinho foi condenado a cumprir pena de cinco meses, no regime semiaberto, pelo crime de difamação, após a veiculação de matérias com denúncias contra Paulo Garcia, presidente da Kalunga e que participa da vida política do Sport Club Corinthians Paulista.

O SJSP e a Fenaj entendem que o livre exercício do jornalismo é ferramenta basilar de qualquer democracia e que a circulação de opiniões e ideias fortalece a construção de uma sociedade plural, democrática e cidadã. Repudiamos qualquer medida de cerceamento à liberdade de imprensa e nos colocamos à disposição de todas e todos os profissionais vítimas desse tipo de prática. 

Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP)
Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj)

 

 

O SJSP precisa de você! 
Para que o Sindicato dos Jornalistas de SP continue a desenvolver o seu trabalho em defesa dos interesses da categoria, é fundamental a participação de tod@s na construção e no fortalecimento da entidade. Sindicalize-se! A mensalidade é de 1% do salário (com teto de R$ 60 na capital e de R$ 38 no interior) ou de R$ 60 e R$ 38 fixos (capital e interior) para quem não tem vínculo empregatício. O processo de sindicalização é online.  Veja aqui.

veja também

relacionadas

mais lidas

Pular para o conteúdo