Sindicalize-se

Voltar

Em legítima defesa, sindicalize-se!

Arte. Maria DiasArte. Maria DiasO Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) aposta na organização dos jornalistas a partir dos locais de trabalho e no fortalecimento da luta para defender direitos e conquistas da categoria. Mas, em busca de uma rentabilidade maior ou como saída mais fácil para dificuldades, os patrões insistem na precarização das condições de trabalho, com contratos fraudulentos – como PJs e frilas fixos - e redações enxutas, gerando desemprego.

Se nossa categoria já era uma das mais atingidas pela pejotização no ambiente profissional, pouco mais de um ano depois da “reforma” trabalhista certamente é uma das mais atingidas pela flexibilização dos contratos formais de trabalho, demissões em massa, fechamento de publicações, atrasos no pagamento de salários, reforço do clima de assédio moral, da exposição à violência e intimidações.

Nesse cenário, a resposta do SJSP é a constante presença nas redações, na defesa da unidade e da resistência, para construir um Sindicato cada vez mais forte, legitimado nas bases e no aumento do número de sindicalizados.

Só com a participação de todos e todas - profissionais de jornais, revistas, portais, assessorias de imprensa, rádios e TVs – no cotidiano da entidade e na tomada de decisões coletivas é que vamos garantir um Sindicato forte, com unidade e luta, sobrevivendo basicamente das mensalidades espontâneas dos filiados para assegurar conquistas para os jornalistas.

Como se sindicalizar
Para se sindicalizar, primeiro é necessário preencher o formulário de solicitação com todas as informações necessárias ao Cadastro. Jornalistas diplomadas (os) que quiserem, também podem enviar o diploma, para fins cadastrais. 
Para quem tem contrato de trabalho, é possível comprovar o exercício profissional remunerado com contracheque, página do contrato de trabalho na CTPS em caso de celetista, ou termo de posse em caso de servidor estatutário. Para quem é freelancer, além do MTb, é necessário que a (o) profissional comprove o exercício profissional habitual e remunerado previsto pelo Estatuto do SJSP: matérias (jornalistas de impresso ou site), fotos publicadas (repórter fotográfico) ou imagens veiculadas (repórter cinematográfico), com os devidos créditos, além de recibos de pagamento que comprovem remuneração nos últimos seis meses ou declaração da empresa com período de trabalho contratado e remuneração mensal nos últimos seis meses.

Com o envio da documentação completa (veja abaixo), a proposta de sindicalização é encaminhada para análise da Secretaria de Sindicalização.

A sindicalização pode ser feita pela internet de modo rápido e fácil clicando aqui. Na sindicalização online, o jornalista preenche o formulário e anexa os seguintes documentos (em JPG ou PDF) no próprio sistema, que possui certificação de segurança, garantindo o sigilo no envio dos documentos:

  • Carteira de Trabalho (cópia das páginas da foto, qualificação civil e contrato de trabalho),
  • MTb – registro profissional,
  • RG (frente e verso),
  • CPF,
  • comprovante de residência,
  • diploma de jornalista (frente e verso), para quem tem curso universitário específico,
  • uma foto 3X4 para emissão da Carteira do Sindicalizado.

O prazo de retorno sobre a sindicalização é de até 10 dias após o envio de toda documentação.

Quem optar também por fazer a Carteira de Identidade da Fenaj, precisa encaminhar mais uma foto 3x4 e informar o tipo sanguíneo com fator RH. Para os sindicalizados, o desconto é de 75% (R$ 100). A carteira da Fenaj custa  R$ 400.

Mensalidades
O Sindicato dos Jornalistas tem três tipos de mensalidades:

  • proporcional: para o jornalista que tem vínculo empregatício, com valor equivalente a 1% do salário bruto, limitado a R$ 38 para interior e litoral, e R$ 60 para a capital;
  • fixa: voltada a quem não tem vínculo empregatício, sendo R$ 38 para interior e litoral e R$ 60 para os profissionais da capital;
  • solidária: para os sindicalizados que voluntariamente se disponham a pagar mais, tendo como valores de referência R$ 60 (interior e litoral) e R$ 100 (capital).

Estudantes
Os estudantes de jornalismo têm direito à pré-sindicalização apresentando comprovante de pagamento ou de matrícula na faculdade, basta preencher o formulário pela internet clicando aqui. Neste caso, o valor simbólico semestral é de R$ 18.

Assim como os sindicalizados, quem é pré-sindicalizado pode usufruir dos convênios e parcerias do SJSP, que incluem descontos na mensalidade de diversos cursos de graduação em jornalismo.

Contato
Em caso de dúvida ou outras informações sobre sindicalização, entre em contato com o atendimento do SJSP:
E-mail: atendimento@sjsp.org.br
Fone: (11) 94539-9699 de 2ª a 6ª feira, das 9h às 17h30.