Toda solidariedade à companheira Tellé Cardim, agredida por criminosos bolsonaristas em São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo presta toda a solidariedade à Tellé e as demais pessoas agredidas por esses criminosos.

Por Redação - SJSP

As hordas golpistas e terroristas que protagonizaram os mais grotescos ataques à democracia brasileira no domingo (8 de janeiro) também se fizeram presentes na cidade de São Paulo na última semana. A companheira Tellé Cardim, de 84 anos e que foi dirigente deste Sindicato por diferentes mandatos, foi covardemente agredida por esses criminosos na Avenida Angélica, na zona oeste da capital. 

As agressões, que foram filmadas, mostram os golpistas cercando a companheira Tellé e demais pessoas que reprovavam a carreata bolsonarista, que percorria a cidade com palavras de ordem golpistas. Os criminosos realizaram xingamentos racistas a um homem que tentou conter os ataques e ficaram ainda mais raivosos ao saber que Tellé era jornalista. 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) presta toda a solidariedade à Tellé e as demais pessoas agredidas por esses criminosos. Nos colocamos à disposição da companheira e exigimos das autoridades imediata investigação e punição dos responsáveis pelos ataques.