SJSP apoia a reintegração dos metroviários

 

 
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) se solidariza com a reintegração dos 23 metroviários  demitidos pelo governador...

 

metro herculano falcao

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) se solidariza com a reintegração dos 23 metroviários  demitidos pelo governador Geraldo Alckmin na última greve da categoria, em junho deste ano. A greve é um direito constitucional.

Os metroviários que serão reintegrados são Allan Rodrigues de Sousa, Antonio Carlos Freire Antunes, Celso dos Santos Martins , Celso Trapaga Borba, Daniel Seiji Nakaia, Diego Guimarães Pereira, Fabiano Aparecido Nunes, Fábio Gregório Galindo, Fernando Peluci Reinholez, Gustavo de Almeida Vieira, Josimar José da Silveira, Julia Coelho da Paz Almeida, Leonardo Pereira dos Santos, Lourival Aguiar Teixeira Custódio, Lucas Vieira da Silva, Marília Cristina Ferreira, Raoni Ribeiro Soares, Ricardo Senese, Rubens Alves dos Santos, Silmara Marques Rosa, Solange Aparecida Moreno de Oliveira Chaves, Thiago Santos Oliveira dos Reis e Vitor Duarte Guidini.

 

Leia a nota divulgado pelo Sindicato dos Metroviários

Mais 23 metroviários foram readmitidos, no dia 30/9 (terça-feira), por meio de liminar. Os despachos do juiz Thiago Melosi Sória deixam claro que nenhum dos trabalhadores cometeu qualquer ato de “vandalismo”, como afirmou o governador Alckmin. Falta ainda o retorno de mais sete companheiros, já que doze já voltaram aos seus locais de trabalho.

Com afirmou Altino, presidente do Sindicato, o retorno de mais 23 metroviários “é uma conquista muito importante da categoria contra os desmandos do governador Alckmin e seu secretário Jurandir Fernandes. Vamos lutar com toda a força para termos de volta os sete companheiros que ainda não foram reintegrados”.


Foto: Herculano Falcão