Sindicato dos Jornalistas terá debate sobre imprensa negra do século XIX

Como parte do do ciclo de eventos “Vozes pela Igualdade”, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas no Estado de São Paulo, por meio da sua Comissão de Jornalistas pela...

tribuna_negra

Como parte do do ciclo de eventos “Vozes pela Igualdade”, promovido pelo Sindicato dos Jornalistas no Estado de São Paulo, por meio da sua Comissão de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira), será realizado no próximo  dia 7 de novembro (2ª feira), a partir das 19 horas,  no auditório do sindicato,  o debate “Imprensa Negra - Raízes”. O foco da discussão serão os jornais O Mulato ou O Homem de Cor, Brasileiro Pardo, O Cabrito e O Lafuente , pasquins negros antirracistas publicados no Rio de Janeiro  durante o período regencial (1833).

O evento terá a participação dos historiadores Celia Maria Marinho de Azevedo e Rodrigo Camargo de Godoi, com debate mediado pelo jornalista Flávio Carrança,coordenador da Cojira.     

Celia Maria Marinho de Azevedo é doutora em história pela Columbia University, New York e mestre em história pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). É autora de Maçonaria, Anti-Racismo e Cidadania (2010), Onda Negra, Medo Branco (2004), Anti-Racismo e seus Paradoxos (2004), Abolicionismo: Estados Unidos e Brasil, uma História Comparada (2003), todos publicados pela Editora Annablume.

Rodrigo Camargo de Godoi é mestre em Teoria e História Literária pela Unicamp e realiza doutoramento em História Social da Cultura na mesma universidade, no qual estuda a trajetória do editor Francisco de Paula Brito (1809-1861). 

Serviço: 

data: 07/11/2011

horário: 19h

Endereço:
SJSP - Rua Rego Freitas, 530 - sobreloja - Vila Buarque
Fone: (11)  3217-6299