Regional Santos lamenta o falecimento do jornalista e professor Ouhydes Fonseca

Por Redação - SJSP

A Regional Santos do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo (SJSP) lamenta o falecimento do jornalista e professor Ouhydes Fonseca, que morreu, aos 82 anos, na noite da última segunda-feira (30).

Com passagens por grandes veículos da imprensa brasileira, como Jornal do Brasil, O Estado de S. Paulo e A Tribuna, Ouhydes era um dos profissionais da área mais respeitados na Baixada Santista por conta de sua excelência no trabalho como repórter e editor.

Ele foi o primeiro presidente da Cooperativa de Jornalistas de Santos (Jornacoop), criada em 1977, e foi um dos mentores e fundadores desse coletivo.

Ouhydes também se destacou pelos ensinamentos ao contribuir com a formação de centenas de jornalistas que passaram pela Universidade Católica de Santos (UniSantos) entre 1971 e 2011.

Apaixonado por esportes, o jornalista também deixou sua marca ao atuar como secretário municipal dessa área entre 1990 e 1992, durante a gestão da prefeita Telma de Souza (PT). Ele foi o responsável pela instalação da primeira escola de surfe pública no País e do Centro da Memória Esportiva De Vaney.

Ouhydes deixa a esposa, três filhas e dois netos e grandes ensinamentos para os jornalistas que conviveram com ele ao longo das últimas décadas.

O corpo será velado nesta terça-feira (31), do meio-dia às 16h, na Memorial Necrópole Ecumênica, em Santos.