Prêmio Vladimir Herzog divulga nomes vencedores do Troféu Especial 2021

Alex Silveira, Neusa Maria Pereira, Abdias do Nascimento e José Marques de Melo serão homenageados

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

Em 2021, a Comissão Organizadora do Prêmio Vladimir Herzog, da qual o Sindicato dos Jornalistas de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) fazem parte, concederá o Troféu especial ao fotojornalista Alex Silveira, à Neusa Maria Pereira e, in memoriam, a Adbias do Nascimento e José Marques de Melo.

O prêmio homenageia, desde 2009, profissionais que prestaram relevantes serviços à democracia, paz e justiça, retomando a proposta original de laurear profissionais que jamais inscreveriam seus trabalhos em concursos.

Os homenageados de 2021 se juntam a Lourenço Diaféria (in memoriam), David de Moraes, Audálio Dantas, Elifas Andreato, Alberto Dines, Lúcio Flavio Pinto, Perseu Abramo (in memoriam), Marco Antônio Tavares Coelho, Raimundo Pereira, Sandra Passarinho, Rubens Paiva (in memoriam), Mino Carta, Mauro Santayana, Daniel Herz (in memoriam), Eduardo Galeano (in memoriam), Elio Gaspari, Cláudio Abramo (in memoriam), Tim Lopes (in memoriam), D. Paulo Evaristo Arns (in memoriam), Rose Nogueira, Bernardo Kucinski, Patricia Campos Mello, Glenn Greenwald, Hermínio Sacchetta (in memoriam), Laerte, Sueli Carneiro e Luiz Gama (in memoriam), que receberam o prêmio anteriormente.

Homenageados de 2021

Na categoria carreira, a Comissão Organizadora reconhece a luta de Alex Silveira em defesa do exercício profissional e seu posicionamento pelo fortalecimento da liberdade de imprensa. Além disso, a homenagem celebra a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em responsabilizar o Estado pelos ferimentos causados ao jornalista, que perdeu a visão do olho esquerdo ao ser atingido por uma bala de borracha enquanto cobria uma manifestação em maio de 2000.

Já a jornalista negra Neusa Pereira será homenageada pelo seu trabalho no jornalismo comunitário e por agendar a questão das pessoas trans e não-binárias como sujeitos da informação. Neusa é uma das fundadoras do Movimento Negro Unificado (MNU) e o prêmio que leva seu nome condecora profissionais de mídia trans e não-brancos.

Já Abdias do Nascimento e José Marques de Melo serão homenageados in memoriam.