Parceria global oferece curso sobre cobertura jornalística da vacina para Covid-19

Jornalistas, comunicadores e verificadores de fatos de todo o mundo poderão realizar um curso massivo, aberto e online (Massive Open Online Course –MOOC) especializado

Por Unesco

O curso interativo, que inicialmente será oferecido de forma gratuita em inglêsfrancêsportuguês e espanhol, é uma colaboração conjunta entre a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, da Universidade do Texas em Austin, cofinanciado pela União Europeia (UE). Após a conclusão, o curso também será disponibilizado em formato autodirigido em outras línguas.

“A cooperação científica internacional e as vacinas criaram a esperança de que um futuro melhor está ao nosso alcance. Ainda assim, o sucesso das campanhas mundiais de vacinação depende da construção da confiança das pessoas e da garantia de que elas tenham acesso às informações de que necessitam. A mídia independente e profissional desempenha um papel fundamental neste processo. No entanto, para lidar com questões tão complexas, jornalistas e trabalhadores da mídia em geral precisam de conhecimento e experiência. É por isso que, trabalhando com nossos parceiros e com o apoio da União Europeia, a Unesco tem orgulho de coorganizar este curso para garantir a cobertura profissional das vacinas para covid-19”, afirma Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO.

“O trabalho dos jornalistas nunca foi tão importante. Nós dependemos da imprensa para combater a desinformação, explicar a ciência e fomentar a investigação e o debate honestos. O seu jornalismo é importante. O trabalho árduo que você realiza todos os dias para aprofundar e acertar é importante. Uma imprensa dura e justa pode ser uma força poderosa para um mundo mais saudável, seguro e justo”, diz. Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

“Pela primeira vez em 30 anos, o desenvolvimento humano global está retrocedendo devido aos impactos da pandemia covid-19, com os mais pobres e vulneráveis sendo os mais atingidos. Com a implantação das vacinas, temos a oportunidade de apertar o botão ‘redefinir’ em direção a um futuro mais verde, mais inclusivo e mais sustentável. É fundamental que a cobertura da mídia seja feita com informações exatas e baseadas em evidências. Seja defendendo o acesso equitativo às vacinas ou lutando contra a desinformação, os jornalistas estão moldando o mundo de amanhã”, afirma Achim Steiner, administratdor do Pnud.

Os quatro módulos semanais do curso examinarão muitos dos aspectos desafiadores e em evolução do lançamento das vacinas, como a ciência por trás do desenvolvimento das vacinas já lançadas, bem como daquelas que estão sendo criadas, as políticas de aquisição e distribuição mundial de vacinas e as questões relativas a: equidade, hesitação vacinal, ativismo antivacinação, desinformação e informações falsas contra vacinas, imunidade populacional e variantes emergentes do vírus.

A inscrição para este curso online é gratuita, e os participantes podem escolher entre as quatro línguas: inglêsfrancêsportuguês e espanhol.

“Quando a pandemia se iniciou no ano passado, percebemos que os jornalistas tinham dificuldade para cobri-la por falta de especialização em assuntos de ciência e saúde. Então, com a ajuda da Unesco, da OMS e do Pnud, nós rapidamente montamos um curso online gratuito que beneficiou milhares de jornalistas de todo o mundo. Agora que os jornalistas estão enfrentando novos desafios de cobertura da campanha mundial de vacinação em meio a sérios problemas de desinformação, estamos nos preparando para ajudá-los novamente com este curso massivo, em parceria com as mesmas três agências da ONU e com o apoio da União Europeia”, afirma o professor Rosental Alves, Cátedra Unesco em Comunicação da Universidade do Texas em Austin.

Quase 9 mil jornalistas de 162 países cursaram o MOOC anterior, intitulado Jornalismo em uma pandemia: cobertura da COVID-19 agora e no futuro, oferecido em maio de 2020 por meio da colaboração entre os mesmos parceiros e com o apoio da Fundação Knight. As versões autodirecionadas deste curso estão disponíveis em árabe, espanhol, francês, inglês, português e russo.

Além disso, em 29 de janeiro de 2021, aconteceu um webinar com duração de três horas sobre a Cobertura da vacina para COVID-19: o que os jornalistas precisam de saber, organizado pelo Centro Knight para o Jornalismo nas Américas, em colaboração com a Unesco e com a OMS, e financiado pela União Europeia. O webinar permanece disponível para ser assistido em árabe, chinês, espanhol, francês, hindu, inglês, português e russo.

Para se inscrever no novo MOOC ou para saber mais sobre os cursos disponíveis e os recursos para a cobertura da pandemia da covid-19, o desenvolvimento da vacinação e o combate à desinformação, consulte os seguintes links: