Jornalistas da TV Record Rio Preto são agredidos em Mirassol em atos antidemocráticos

Por SJSP

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) prestam solidariedade aos jornalistas Yuri Macri e Edmilson de Deus (China), da TV Record Rio Preto, que foram atacados enquanto realizavam o seu trabalho na cidade de Mirassol na última quarta-feira, 2 de novembro. 

Eles estavam realizando o registro dos atos antidemocráticos na Rodovia Washington Luiz quando foram cercados e agredidos a chutes, joelhadas e empurrões pelo grupo de manifestantes. Os criminosos ainda quebraram o microfone do repórter e jogaram água nos jornalistas.

A Regional de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto já entrou em contato com os profissionais, oferecendo apoio e auxílio. O SJSP exige rigorosa apuração e responsabilização dos responsáveis por esses ataques. 

Tudo foi devidamente registrado e documentado. Os profissionais já registraram Boletim de Ocorrência. Agora, cabe às autoridades realizar a rigorosa apuração dos fatos e responsabilizar os responsáveis desse verdadeiro ataque à liberdade de imprensa e da livre circulação de informações.