Em reunião com sindicatos, EBC não dá resposta à pauta dos trabalhadores

Por Sindicatos dos Jornalistas e Radialistas do DF, RJ, Rio e SP / Foto: Marcelo Casal Jr - Agência Brasil

Os representantes dos Sindicatos dos Sornalistas e Radialistas do DF, Rio e SP estiveram na última sexta-feira (5) reunidos com a direção da EBC para tratar da nova pauta de reivindicações para o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) de 2020/2022. A nova pauta foi aprovada em assembleia no dia 18 de outubro e visa a manutenção dos direitos e reposição das perdas salariais, além de percentual em ganho real.

A direção da EBC confirmou o recebimento da proposta, mas não apresentou nenhuma consideração sobre o teor do documento. De acordo com os representantes da empresa, as reivindicações serão analisadas pela direção e pelo Ministério da Economia, tendo em vista que a EBC foi incluída no Plano Nacional de Desestatização. 

Uma nova reunião ficou para ser agendada ainda esta semana. Os sindicatos aguardam a sinalização da empresa e convocam os trabalhadores e trabalhadoras para se manterem atentos e mobilizados contra o desmonte e a privatização da EBC.

Lutaremos para que a empresa corrija as tabelas de salários, a contar de 1º de novembro de 2020, em 1,65% (de perdas salariais do período 2018/20 ) mais o INPC acumulado nos últimos 24 meses (novembro de 2019 a outubro de 2021).

Reivindicamos para a data-base do ano 2020/2021 um reajuste de 4,77% (INPC do período), retroativo a primeiro de novembro de 2020. Para data-base 2021/2022, defendemos o INPC do período (a ser divulgado) acrescido de 1,65% (de perdas salariais referentes ao período compreendido entre 2018/2020), a ser pago em primeiro de novembro de 2021.

A Inflação anual pelo INPC chegou a 11,08%, considerando novembro de  2020 a outubro de  2021. Dados do IBGE.

O importante agora é mantermos nossa unidade em torno da luta por direitos e condições dignas de trabalho. Respeitar os/as trabalhadores/as é também defender e valorizar a comunicação pública.