'Edição impressa do DGABC será mantida'

Afirmação do dono do jornal foi feita durante reunião com a Regional do ABCD do Sindicato

Foi com alívio que a Diretoria Regional do ABCD do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo recebeu a notícia de que a edição impressa do Diário do Grande ABC não irá ser encerrada.

A afirmação foi feita pelo proprietário do veículo de comunicação, Ronan Maria Pinto, em reunião realizada na manhã desta sexta, 29, na presença da secretária de Interior, Litoral e Grande São Paulo, Solange Santana; da diretora da Regional ABCD, Rossana Lana e das diretoras de base no ABCD, Vilma Amaro e Ana Valim.

"Havia uma apreensão muito grande de que um possível fim da edição impressa do jornal acarretaria, inevitavelmente, em demissões de dezenas de jornalistas da redação", avaliou a diretora da Regional ABCD.

Segundo ela, esse foi o principal motivo que levou as dirigentes do SJSP à solicitar a reunião com o dono do DGABC.

"Ele nos garantiu que a edição impressa é o carro-chefe da empresa e não cogita parar de rodar ou circular as notícias pelo veículo, que é muito importante para a região e ainda afirmou que o projeto de ampliação das plataformas virtuais do DGABC não ameaça o futuro do jornal impresso", contou.

O Diário atravessa um período financeiro difícil já há algum tempo, agravado pela crise sanitária, mas Ronan se mostrou otimista para o período pós-pandemia.

"O que nós queremos é que os jornalistas possam ter as melhores condições de trabalho e vamos acompanhar isso de perto", disse Rossana.

Novo diretor e sindicalização

As dirigentes do SJSP também conversaram com o novo diretor de Redação, Sérgio Vieira, que regressou ao DGABC na semana passada, com a saída de Evaldo Novelini.

"Nos conhecíamos de Santos e será uma satisfação contar com seu apoio se sindicalizando e ajudando a fortalecer a entidade de luta dos jornalistas", afirmou a dirigente Solange Santana.

Com isso, a Regional ABCD organiza a ampliação na sindicalização d@s jornalistas do Diário do Grande ABC.

 

 

O SJSP precisa de você!

Para que o Sindicato dos Jornalistas de SP continue a desenvolver o seu trabalho em defesa dos interesses da categoria, é fundamental a participação de tod@s na construção e no fortalecimento da entidade. Sindicalize-se! A mensalidade é de 1% do salário (com teto de R$ 60 na capital e de R$ 38 no interior) ou de R$ 60 e R$ 38 fixos (capital e interior) para quem não tem vínculo empregatício. O processo de sindicalização é online. https://sjsp.org.br/pagina/seja-um-associado