Assembleia geral de rádio e TV vai reunir categoria na próxima terça (9). Participe!

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas convoca os jornalistas para a assembleia geral da campanha salarial de rádio e TV na próxima terça-feira, dia 9, em sessões virtuais às 11h e às 20h. O objetivo é reunir profissionais das diversas redações para debater a proposta patronal de reajuste abaixo da inflação.

O link da assembleia será enviado aos grupos das redações com o Sindicato no WhatsApp ou poderá ser solicitado pelo WhatsApp (11) 96028-7769.

Até o dia 8 de fevereiro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) reúne a categoria em assembleias por redação.

Após quatro rodadas de negociação, os patrões insistem no fim da PLR e no reajuste de apenas 2% pagos a partir do mês seguinte do fechamento do acordo, mas a inflação do período ficou em 5,2%. De acordo com a proposta patronal, os jornalistas não terão recomposição salarial e não receberão retroativamente à data-base (1º de dezembro de 2020).

“O mínimo que os jornalistas podem ter agora, como reconhecimento e justiça pelo trabalho desenvolvido durante a pandemia mesmo com redução salarial, é a recomposição dos salários pela inflação e a manutenção da PLR”, afirma o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Paulo Zocchi.

A próxima mesa de negociação está marcada para quarta-feira (10). "É fundamental a presença maciça na assembleia de jornalistas das redações do Estado todo, para podermos debater os rumos da campanha salarial e as formas de mobilização possíveis para a categoria agora. A categoria precisa somar forças para chegarmos a bom termo na campanha", disse Zocchi.