Assembleia discutirá prestação de contas de 2021

Sindicato registrou saldo negativo no ano passado, mas conseguiu zerar dívidas antigas

Por Redação - SJSP

O balanço financeiro do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) em 2021 registrou saldo negativo de R$ 392,5 mil. Em 2020, o resultado havia sido superavitário em R$ 287 mil. O balanço do ano passado será debatido e votado em assembleia geral ordinária do Sindicato, no próximo dia 29, quarta-feira, às 10h30.

A razão principal do déficit de 2021 é o fato de que o SJSP concluiu o pagamento de duas dívidas antigas, uma relativa à Prefeitura de São Paulo e a outra ao INSS. Nesse segundo caso, tratava-se ainda de valores relativos ao antigo plano de saúde do Sindicato (PSS), que, ao longo de mais de 17 anos, custou à entidade cerca de R$ 10 milhões, em valores atualizados.

O acerto dessas dívidas foi vantajoso. A da Prefeitura, por exemplo, tinha parcelas superiores a R$ 20 mil mensais e iria até novembro deste ano. Como aderimos ao programa oferecido pelo município para pagamento à vista, obtivemos desconto superior a R$ 240 mil e quitamos tudo.

De outro lado, o grande desembolso fez com que as reservas acumuladas nos últimos anos pelo Sindicato praticamente se esgotassem. Em 2022, precisaremos aumentar a arrecadação, sob pena de enfrentarmos problemas nos pagamentos previstos. O principal meio para elevar as receitas é o incentivo à sindicalização de novos colegas. Uma ampla campanha de sindicalização será iniciada nas próximas semanas.

Bom resultado de mensalidades

As mensalidades continuam a ser a principal fonte de receitas do Sindicato. Esse é um elemento positivo, porque a sustentação de nossas atividades está diretamente ligada à associação voluntária da categoria à entidade.

Em 2021, arrecadamos R$ 1.295.605,00 com mensalidades, superando em R$ 25 mil o obtido em 2020. Considerando-se a pandemia e a situação de crise econômica, foi um bom resultado. Do total arrecadado pelo SJSP no ano passado, 47% correspondem à soma de mensalidades, mensalidades solidárias e contribuições dos aposentados.

As doações provenientes de processos do Jurídico foram o segundo maior item de arrecadação, com R$ 746,3 mil (26,6%). As doações são solicitadas de jornalistas que obtêm ganho de causa em ações defendidas pelos advogados do Sindicato.

Em terceiro lugar, nas receitas, tivemos a Contribuição Negocial, com R$ 399,1 mil (14,2%). Essa contribuição vem de jornalistas não sindicalizados que trabalham em empresas jornalísticas abrangidas pelas convenções coletivas que o SJSP negocia. Ainda que não sejam associados, esses colegas também têm direito às cláusulas que conquistamos nas convenções.

Nas despesas, os gastos com funcionários responderam por R$ 1.065.200,00 (33,8%). No conjunto de atividades sindicais e de mobilização foram empregados R$ 981,3 mil (31,2%). E as despesas administrativas e financeiras responderam por R$ 1.003.200,00 (31,8%). Desse último item, mais de R$ 280 mil referem-se à dívida com a Prefeitura. As tabelas ao final oferecem mais detalhes das receitas e despesas.

Poderão participar da assembleia do dia 29 sindicalizados/as em dia com suas mensalidades. Para isso, devem enviar email até as 18 horas do dia 28 para jornalista@sjsp.org.br e solicitar o link para ingresso na sala virtual.