Acordos individuais: orientação do Sindicato aos jornalistas

Por Redação - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

A orientação do que fazer quando seu empregador enviar aditivo de contrato ou minuta de acordo individual não mudou: procure imediatamente o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP).

De forma geral, a posição do Sindicato, referendada pelas assembleias realizadas até aqui, é a de realizar negociações coletivas. Cada empresa que queira aplicar as MPs deve se dirigir à entidade, com uma proposta concreta e clara. O Sindicato se compromete a discutir a proposta com os profissionais e dar uma resposta em curto período de tempo. Em cada caso, está na mão dos profissionais daquela empresa, por meio do livre debate organizado pelo SJSP, a decisão sobre o que aceitar ou não, considerando a realidade do veículo e a de seus profissionais.

A forma de enfrentar a pressão que as empresas vão fazer sobre cada jornalista é a unidade de ação dos profissionais. O instrumento legal pode ser individual, mas a situação que você vai encarar é a mesma dos seus colegas de redação. Trabalhadores que decidem, coletivamente, agir de determinada forma têm melhores condições de não serem atropeladas pelo empregador.

A direção do Sindicato dos Jornalistas de SP, assim como nossos advogados e funcionários, fazem todo o esforço possível para ajudar a categoria a resistir neste momento. Em caso de apresentação de acordo coletivo para você e seus colegas de empresa, estamos à disposição para organizar assembleias ou outras consultas virtuais nas quais seja possível o debate livre e democrático entre todos os jornalistas, para uma decisão de ação conjunta, pressionando pelas negociações coletivas. Quanto maior a participação dos jornalistas, maior nossa capacidade de reação.