A presidente Dilma Rousseff não será mártir do fascismo

 

 
O Grupo Tortura Nunca Mais-SP manifesta-se contra qualquer tentativa de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Essa tentativa de golpe, disfarçada de ...

 

tortura nunca mais2

 

O Grupo Tortura Nunca Mais-SP manifesta-se contra qualquer tentativa de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Essa tentativa de golpe, disfarçada de  embasamento jurídico, é o resultado de derrotados que não se conformaram em perder as eleições e agora querem  tomar o poder  na marra. Não contentes em barganhar o apoio do PMDB ao golpe, em troca de  que este partido não dispute as eleições presidenciais  de 2018, querem paralisar o Brasil, defendendo o recesso do Congresso para prolongar a agonia em que vive este país, desde que a direita foi derrotada nas últimas eleições.

O pedido de impeachment também é, evidentemente, uma manobra de Eduardo Cunha para empanar o processo que vem sendo instaurado contra ele na Comissão de Ética da Câmara dos Deputados . Para prorrogar seu mandato , à força, usa de artimanhas, falta de escrúpulo e não hesita em tentar conflagar o país para salvar a própria pele.

Cunha, PSDB, DEM e aliados apostam no quanto pior melhor. Esta oposição já foi acusada de irresponsável até pelos jornais da grande imprensa, estes mesmos que não se cansaram durante todo ano de prejudicar o governo, colocando nas manchetes, notícias negativas e claramente agressivas contra o governo do PT-PMDB.

Impeachment ou qualquer outro procedimento para derrubar a presidente  eleita é golpe. Dos mais rasteiros, pois durante todo o ano a oposição, liderada pelo PSDB, e  o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, que tem  a rejeição do povo brasileiro, por suas posições conservadoras e desmandos investigados, paralisaram  a economia do país para desgastar o governo. É uma oposição antidemocrática que  deseja o poder  a qualquer custo e cujo maior representante, Aécio Neves, encontra-se  blindado, já que muitas de suas ações denunciadas até pela imprensa  estão sendo desconsideradas.

O Grupo Tortura Nunca Mais- SP fundado, entre outros, por  Dom Paulo Evaristo Arns, tem um compromisso desde sua criação com a democracia, a verdade e a justiça. Foi um baluarte e uma referência na luta contra a ditadura e se manifesta, agora, contra  o golpe claramente apoiado por agências de baixa credibilidade em seus países de origem, que dão notas depreciativas ao Brasil por motivos políticos;  por potências estrangeiras de olho em nosso pré-sal e nas grandes obras de infraestrutura .

Não podemos esquecer que o Brasil é um gigante econômico, com grandes riquezas naturais , ambientais e uma grande população. Por esse motivo, tais setores  não hesitam, a todo momento, em usar as instituições brasileiras coniventes e antinacionais,  para prejudicar a Petrobras , empresas estatais e o próprio pais. Alardeiam crise econômica, quando se vê mercados superlotados de compradores, cidadãos viajando e programas sociais que continuam sendo desenvolvidos, apesar do torpedeamento de setores de direita, que defendem a  iniciativa privada e estado mínimo.

 

Tais setores  até agora pouco se manifestaram pela punição aos responsáveis pelo maior desastre ambiental em Minas Gerais, fruto da ganância  de empresa privada que visa apenas o lucro,  esquecendo-se do social. Esse é o resultado do combate às empresas estatais e da privatização da Vale, realizada em governo do PSDB. Indenizar é pouco, merecem estar na cadeia.

O desemprego que alardeiam, em especial na construção civil, está claramente ligado a investigações que estão destruindo as empresas brasileiras da área da construção civil, particularmente as de grandes estruturas  e desqualificando a brilhante engenharia brasileira, reconhecida entre as melhores do mundo. Com essa posição notoriamente ideológica estão levando ao desemprego milhares de trabalhadores, situação já apontada por instituto de pesquisa e especialistas na área.  Justiça sim,mas a premissa é que deve agir com bom senso, sem a vaidade de posar para os holofotes da grande mídia.

É essa calamidade ainda maior que setores  fascistas e de direita pretendem para o país. Mas, os trabalhadores e o povo, que não é manietado pelas grandes redes de televisão e os grandes jornais saberão defender a democracia como sempre defenderam.

Saberão defender o Brasil contra os maus brasileiros, de todos os segmentos que estão levando o país à baderna pelo ódio aos programas sociais desenvolvidos nos últimos governos populares que tiraram da miséria milhões de brasileiros. Maus brasileiros que defendem o alinhamento a grandes potências que provocam destruição e mortes contra povos em todo mundo, desestabilizam governos e  usam tribunais fantoches e mercenários para matar presidentes, como nos casos da Líbia e do Iraque, para citar apenas dois países destruídos pelo ódio imperialista.

O Grupo Tortura Nunca Mais-SP diz , com veemência, não ao golpe, não ao impeachment. Vamos trabalhar  todos pelo desenvolvimento do país, pelo respeito  a todos os segmentos da população, pela defesa do meio ambiente, em defesa das empresas estatais. Oposição faz parte do jogo democrático,mas deve ser responsável, nacionalista, construtiva e o que estamos vendo é uma oposição dominada pelo ódio ao PT,aos setores de esquerda, e aos setores populares.

Senhores defensores do golpe. Deixem de paralisar  o país, mentir para a população, usar a grande mídia para promover o caos. Trabalhadores, movimentos sociais, estudantes, donas de casa, intelectuais, sindicatos e quem é brasileiro, de fato, defenderá o governo eleito com legitimidade.

A presidente Dilma Rousseff tem se mostrado mulher de fibra e coragem. Resistirá e não será mártir do fascismo. Poucos resistiriam à campanha tão infame e violenta contra um governo. Só uma lutadora que enfrentou a ditadura, que é mãe e avó, que conhece as dificuldades e os preconceitos por ser mulher enfrentaria com tanta resiliência  à campanha tão agressiva, anunciada por um senador do PSDB, desde que ela tomou posse, que eles iriam fazê-la sangrar. Essa afirmação alude aos torturadores da ditadura.

Todo apoio ao governo. Fora golpistas, fascistas e reacionários. O povo reagirá contra tentativas de destruição de nosso país.Venceremos!

 

Por Vilma Amaro, Presidente do Grupo Tortura Nunca Mais-SP