Vitória da Chapa 1 aconteceu na Capital e também no Interior

 
 
A Chapa 1 - Sindicato Forte, Unidade e Luta, vencedora das eleições no Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, obteve a maioria dos votos da...

guto1guto1

 

 

A Chapa 1 - Sindicato Forte, Unidade e Luta, vencedora das eleições no Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, obteve a maioria dos votos da categoria, tanto na Capital como no Interior e deverá continuar à frente da entidade no triênio 2012/2015.

Presidida por José Augusto Camargo (Guto), a Chapa 1 venceu a Chapa 2, Renovar Para Mudar, Sindicato é Pra Lutar!, de Bia Barbosa, por 643 (56,26%) contra 500 (43,74%) votos. Foram 1.143 votantes.
Nas urnas da Capital, a Chapa 1 obteve 322 votos contra 251 da Chapa 2. No Interior, os números praticamente se repetiram: 321 para a Chapa 1 e 249 para a 2. É importante observar que os votos por correspondência referem-se ao Interior e Grande São Paulo e neles a Chapa 1 obteve 86 votos contra 78, num total de 164.
A vitória da Chapa 1 delineou-se sobretudo com os votos na Sede (140 a 94), Santos (85 a 40), Campinas (50 a 24) e Ribeirão Preto (17 a 07) e na urna com votos da TV Record, Estadão e Bandeirantes (60 a 34).
A Chapa 2 venceu nas urnas compostas pela TV Globo, Folha de S. Paulo, TV Cultura, Alesp e Editora 3 (28 a 50) e nas cidades de São José do Rio Preto – sempre por pequena diferença - (11 a 16), Oeste Paulista (11 a 15), Piracicaba (16 a 24) e Bauru (26 a 31). 
Segundo o presidente reeleito, José Augusto Camargo (Guto), fechadas as urnas, é hora de retomar o trabalho, sobretudo com diálogo com a oposição, que teve votação importante: “o resultado foi bem parecido, tanto percentualmente quanto pelo número de votantes. A diferença maior da eleição este ano foi que a Chapa 1 cresceu nas urnas da capital e a Chapa 2 se fortaleceu no interior”.