SJSP repudia ataque de apoiadores de Kiko Teixeira à imprensa de Ribeirão Pires

Por Regional ABCD

Exemplar Exemplar

A regional ABCD do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo vem a público repudiar veementemente um ataque à liberdade de imprensa que aconteceu na tarde desta sexta-feira (13) no bairro Ouro Fino, em Ribeirão Pires – região do grande ABC Paulista.

No episódio, um grupo de pessoas que trabalham na campanha do candidato Kiko Teixeira (PSDB) agrediu funcionários do jornal Diário de Ribeirão Pires, que, segundo informações do jornalista Rafael Ventura – responsável pelo veículo de Comunicação – , “agrediram funcionários que faziam a distribuição impressa do jornal”.

Este grupo de apoiadores da campanha de Kiko não admitiu que a edição nº 139 do Diário de Ribeirão Pires fosse distribuída porque uma matéria, em destaque na capa do jornal, traz a informação de que “Votos em Kiko não serão validados, diz TSE”. Ainda de acordo com Ventura, este mesmo grupo também arrombou o veículo do jornal e roubou cerca de mil exemplares que seriam distribuídos.

O SJSP se solidariza com os funcionários do Diário de Ribeirão Pires e defende que as autoridades tomem as medidas cabíveis, e que os responsáveis por este ataque sejam responsabilizados perante a lei.

Não podemos aceitar que as liberdades de imprensa e expressão sejam suprimidas em pleno 2020, ainda mais em período eleitoral, quando as pessoas têm o direito de ter acesso a informações sobre candidatos a cargos eletivos.

São Bernardo do Campo, 14 de novembro de 2020.