Sindicatos de Jornalistas e Radialistas de São Paulo convocam para assembleia unificada na TVT

Assembleia acontece nesta terça-feira, dia 08, às 13h15

Os Sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas de São Paulo convocam trabalhadores e trabalhadoras da TVT para Assembleia Geral Extraordinária Unificada nesta terça-feira, dia 8, às 13h15.

Além de discutir a pauta unificada de reivindicação para o Acordo Coletivo de Trabalho 2019-2020, jornalistas e radialistas devem debater a mudança da empresa para a cidade de São Paulo.

Para o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), é preciso debater com o conjunto das categorias a mudança, já que pode trazer impacto para os trabalhadores. Atualmente, a TVT está sediada em São Bernardo do Campo na Grande São Paulo.

Confira o edital de convocação


SINDICATO DOS TRABALHADORES EM EMPRESAS DE RADIODIFUSÃO E TELEVISÃO NO ESTADO DE SÃO PAULO

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DE SÃO PAULO

Edital de Convocação – Assembleia Geral Extraordinária Unificada

O Diretor Coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo, e o Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, nos termos dos estatutos das Entidades e conforme a legislação vigente, convocam todos os empregados (as) Radialistas e Jornalistas da Empresa Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho/TVT TV dos Trabalhadores, para participarem de Assembleia Geral Extraordinária Unificada, a realizar-se no dia 08 de outubro de 2019, às 12hs45min em primeira convocação com o quórum estatutário e às 13hs15min em segunda convocação com qualquer número de presenças, nas dependências da empresa situada na Travessa Monteiro Lobato, nº 95 - centro, São Bernardo do Campo/SP, para discutir e votar a seguinte pauta: a) apresentação, discussão, elaboração e aprovação da pauta unificada de reivindicações, que deverá se constituir na proposta de Acordo Coletivo de Trabalho, para o período 2019/2020, a ser encaminhada ao representante legal da empresa Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho/TVT TV dos Trabalhadores; b) decidir sobre a necessidade e conveniência de instituir taxa assistencial para o custeio das entidades; c) Autorização para celebrar Acordo Coletivo de Trabalho com a Fundação Sociedade Comunicação, Cultura e Trabalho/TVT TV dos Trabalhadores,, ou, não prosperando a negociação, autorizar que seja suscitado o Dissídio Coletivo  d) manter a assembleia aberta em caráter permanente cuja convocação para as próximas será feita via boletins sindicais; e) assuntos gerais pertinentes à Campanha salarial 2019/2020.

São Paulo, 03 de outubro de 2019.

Sérgio Ipoldo Guimarães – Diretor Coordenador do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Radiodifusão e Televisão no Estado de São Paulo;

Paulo Leite Moraes Zocchi – Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo.


Confira a Campanha Salarial de Rádio e TV 2019-2020