Sindicato recepciona ministro da Diáspora senegalês

 
 
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, através da Comissão de Jornalistas para a Igualdade Racial (Cojira), recepciona nesta quinta-feira...

ministro-do-senegal

 

 

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, através da Comissão de Jornalistas para a Igualdade Racial (Cojira), recepciona nesta quinta-feira (dia 1º de dezembro) o ministro da Diáspora do Senegal (ou ministro Panafricanista), Amadou Lamine Faye. Ele cumpre agenda que prevê visitas ao Sindicato dos Jornalistas, aos veículos de comunicação de São Paulo, além de ida ao museu Afro-Brasil no Ibirapuera.
Segundo a diretora do Sindicato, Cândida Maria Vieira, Lamine Faye é jornalista e escritor e tem uma atuação bastante intensa em seu país, promovendo intercâmbio sócio-cultural com o Brasil e demais países. “Sendo ele um panafricanista, milita pela diáspora africana. Como Ministro atua como conselheiro direto do presidente Abdoulaye Wade nas questões de políticas internacionais. Hoje, Senegal é a sexta região da União Africana", diz ela.
Em 2009, Lamine Faye tornou-se cidadão de Salvador por atuar na assessoria para elaboração de políticas do governo senegalês para uma melhor integração com países da diáspora, como o Brasil. Foi por sua ação que foi lançada na Bahia a revista bilíngüe - Destin de L´Afrique (Destino da África)-, que tratou do Carnaval e de outra manifestações de matriz africana. Ele também realizou documentário sobre a capital baiana.