Sindicato pede suspensão do banco de horas no Jornal da Cidade em Bauru

 
 
Por 12 votos a 1, os jornalistas do Jornal da Cidade, de Bauru, decidiram rejeitar em assembleia a implantação de compensação de horas proposta pela empresa dentro...

logo_jc1logo_jc1

 

 

Por 12 votos a 1, os jornalistas do Jornal da Cidade, de Bauru, decidiram rejeitar em assembleia a implantação de compensação de horas proposta pela empresa dentro do novo projeto "Jornal da Cidade 360º". O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo comunicou nesta segunda-feira a decisão.
No documento encaminhado à empresa, o Sindicato solicita que o jornal “suspenda imediatamente o banco de horas implantado na redação, passando a pagar em dinheiro quaisquer horas extras realizadas pelos jornalistas”.
O Sindicato solicita, também, envio de cópias dos contratos de trabalho de todos os jornalistas que atualmente prestam serviços na empresa,com a devida carga horária e horários de entrada e saída na empresa.
Por fim, o Sindicato ressalta “a disposição para a continuidade das negociações, afim de melhorar as condições de trabalho dos jornalistas na empresa”, solicitando o agendamento de reunião entre a empresa o quanto antes possível.