Reunião nesta quinta (26) debate censura a jornalistas com a Prefeitura de São Paulo

Perseguição e censura à mídia sindical será discutida pelo SJSP com a Secretaria Executiva de Comunicação

Por Flaviana Serafim - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

O ex-prefeito Doria e seu secretariado na coletiva de imprensa sobre a previdência dos servidores municipais. Foto: Luiz Guadagnoli/Secom/PMSPO ex-prefeito Doria e seu secretariado na coletiva de imprensa sobre a previdência dos servidores municipais. Foto: Luiz Guadagnoli/Secom/PMSPNesta quinta-feira (26), às 15h30, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) participa de reunião com a Secretaria Executiva de Comunicação (Secom) da Prefeitura Municipal da capital paulista para  debater a censura sofrida por jornalistas da mídia sindical. O encontro havia sido marcado inicialmente para o último dia 12, mas a pedido da Secom foi adiado para o dia 19 e reagendado pela terceira vez para este 26 de abril. 

O diálogo foi solicitado pelo SJSP, pois em 27 de março, jornalistas da CUT São Paulo e do Sindicato dos Servidores Municipais de São Paulo (Sindsep) foram impedidos de acompanhar uma entrevista coletiva do ex-prefeito João Doria (PSDB) sobre o projeto de alteração da previdência dos servidores municipais.

Na ocasião, o Sindicato se manifestou por meio de nota denunciando a discriminação e a censura sofridas pelos jornalistas e repudiando a perseguição ao trabalho dos profissionais.

A partir da reunião com a Secom, a expectativa do Sindicato é de que a Prefeitura Municipal de São Paulo respeite as liberdades de imprensa e de exercício profissionais, bem como o direito da sociedade à informação, com a garantia de medidas que impeçam a repetição de outros casos de censura aos jornalistas, independentemente da organização ou veículo aos quais os profissionais trabalhem, afirma a direção do SJSP.

Leia também:
Censura a jornalistas: Sindicato quer reunião com Secretaria de Comunicação da capital
Prefeitura de São Paulo discrimina e censura mídia sindical

Alterado em 19/04/2018, às 10h58, para atualização de informações.