Sindicato convoca reunião com portais para resolver a situação de jornalistas

 
 
Nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo enviou ofício para os portais Terra, Ig, Vírgula e UOl...

 

 imagem_cursosimagem_cursos

Nesta quinta-feira, dia 1º de dezembro, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo enviou ofício para os portais Terra, Ig, Vírgula e UOl solicitando agendamento de reunião. O encontro tem como objetivo solucionar irregularidades que os jornalistas vêm sofrendo nestas empresas. Os portais Yahoo e Hotmail também estão sendo contatados.

Entre os pontos de pauta está o reconhecimento da atividade jornalística na produção de conteúdo publicado pelos portais, assim como, o enquadramento sindical e o estabelecimento de acordo coletivo para os jornalistas que trabalham no segmento de portais da internet. Além disso, o Sindicato reivindica e negociação de reajuste salarial extensiva a benefícios que já constam dos acordos coletivos dos jornalistas empregados em outros segmentos, para aplicação imediata.

Nesta semana, a página do Sindicato apresentou uma série de denúncias que atinge os trabalhadores do Portal Terra. Esta é a segunda tentativa do Sindicato de regularizar a situação destes profissionais que estão vinculados erroneamente no Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas e Cursos de Informática (Sindiesp), que tem uma Convenção Coletiva de Trabalho totalmente diferente a dos jornalistas no que se refere ao piso salarial e jornada de trabalho. Pela convenção do Sindiesp os jornalistas que deveriam realizar jornada de 5 ou 7 horas, trabalham 44 horas semanais.

 As empresas têm o prazo de até 10 dias corridos para agendar a reunião. Caso está nova tentativa de diálogo seja ignorada, o Sindicato tomará as medidas judiciais necessárias em defesa dos interesses dos jornalistas de portais.