Sindicato considera inaceitável demissão de apresentadora que reclamou salários na RedeTV

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo repudia a demissão da jornalista Rita Lisauskas, âncora do "RedeTV! News" que em dezembro reclamou o...

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo repudia a demissão da jornalista Rita Lisauskas, âncora do "RedeTV! News" que em dezembro reclamou o pagamento de salários atrasados. Ela foi comunicada nesta terça-feira (dia 5) da rescisão do contrato.

A jornalista, que trabalhava na emissora desde 2000, declarou a uma coluna que não esperava ser demitida. "Não fui ingênua, eu sabia que haveria repercussão, mas não imaginava que a emissora levaria a este desfecho", afirmou. Segundo ela, a RedeTV! já havia rescindido seu contrato sete dias atrás, mas deixou para informá-la ontem.

"Estou com a consciência tranquila. Eu não podia sentar naquela bancada e fingir que nada estava acontecendo à minha volta. Pais, mães de família, profissionais sérios sem dinheiro, em plena época de Natal", disse ela.

O Sindicato se coloca à disposição de Rita e de qualquer jornalista que se sinta lesado em seus direitos nas relações trabalhistas e considera inaceitável que a RedeTV! efetue retaliações contra profissionais que demonstram justa indignação pelo não pagamento de salários.