Para garantir seus direitos, sindicalize-se!

A sindicalização é a melhor defesa contra a "reforma" e garante benefícios ao sindicalizado

Por Redação - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

Em meio à conjuntura de ampla retirada de direitos com a “reforma” trabalhista, o papel do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) continua fundamental para defesa da categoria, para manter e ampliar conquistas. Porém, o momento também é decisivo para a sustentação financeira da entidade e, por isso, a sindicalização continua prioritária.

A atuação do Sindicato é essencial para a negociação das campanhas salariais, para defesa dos jornalistas nos locais de trabalho, contra as demissões coletivas e outras formas de precarização, como os atrasos salariais que vêm ocorrendo em algumas empresas de comunicação de São Paulo.

Além de fortalecer a luta sindical e a organização da categoria, a sindicalização também garante a defesa especializada dos profissionais. Os sindicalizados e seus dependentes ainda têm descontos em universidades, escolas de idiomas, hotéis, pousadas e colônias de férias, clínicas, bares e restaurantes, teatros, cinemas, parques, seguros, editoras, livrarias e locadoras de automóveis, entre outros. Saiba mais sobre os convênios.

Para os jornalistas da capital a mensalidade dos sindicalizados é R$ 58 e, para jornalistas do interior e litoral, é de R$ 34. A diretoria do Sindicato aprovou em Assembleia Ordinária que a mensalidade não seria reajustada e os valores são os mesmos do ano passado.

Sindicalize-se pela internet
1 – Preencha e envie a ficha de sindicalização resumida acessando http://bit.ly/sindicalizajornalista
2 – Depois de encaminhar o formulário, o jornalista será contatado pelo atendimento do Sindicato para completar o processo enviando cópia dos documentos necessários (entre os quais RG, CPF, Carteira de Trabalho, diploma, MTb e uma foto 3 x 4).

Jornalista sem diploma também pode se sindicalizar 
Quem tem MTb, mas não tem diploma de  jornalismo, também pode se sindicalizar. Neste caso, é preciso comprovar o exercício da profissão, de forma remunerada e habitual, nos últimos 12 meses.

Benefícios aos estudantes e recém-formados
Estudantes ou recém-formados em jornalismo podem fazer a pré-sindicalização pagando mensalidade com valor diferenciado e aproveitando os mesmos descontos nos convênios de produtos e serviços, e também nos cursos realizados no Sindicato.

Basta preencher e enviar a ficha de sindicalização disponível no http://bit.ly/sindicalizaEstudante. Depois do envio, o Sindicato fará contato para completar a sindicalização. Neste caso, é necessário cópia do RG, CPF, Carteira Profissional, comprovante de pagamento ou declaração de matrícula na faculdade e duas fotos 3 x 4.