Nota de solidariedade à Associação dos Correspondentes Estrangeiros de São Paulo

Sindicato dos Jornalistas repudia agressões ocorridas durante a cobertura jornalística de manifestações

Por Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo solidariza-se e irmana-se à Associação dos Correspondentes Estrangeiros de São Paulo (ACE) nas suas preocupações e no repúdio que manifestaram contra as agressões que vêm sofrendo os jornalistas estrangeiros em atividade no Brasil, nas coberturas jornalísticas das manifestações políticas, assim como também são vítimas os profissionais brasileiros.

Repudiamos, com veemência, os ataques aos profissionais de imprensa, porque sabemos, historicamente, como começa, como se desenvolve e o que ensejam essas manifestações baseadas na ignorância, na desinformação e no ódio. Repulsar e denunciar essas agressões é mais um gesto necessário para garantir que poderemos continuar exercendo, com liberdade, a profissão de jornalista no país.

O Sindicato dos Jornalista Profissionais no Estado de São Paulo se colocará sempre ao lado de todas as entidades representativas dos jornalistas, em defesa dos ataques desferidos contra os profissionais e as profissionais de imprensa, e reitera que somente a liberdade do exercício profissional assegurará  a melhor informação que os cidadãos devem ter à sua disposição para avaliar, compreender e decidir sobre o mundo em que desejam viver.

São Paulo, 1º de novembro de 2018.

Direção - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo