No Ato em Defesa da Liberdade de Imprensa, do Jornalismo e da Democracia, Sindicato denuncia os ataques promovidos à imprensa pelo governo

Assista a fala do SJSP, que foi representado pelo presidente da entidade, Paulo Zocchi

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

O Ato em Defesa da Liberdade de Imprensa, do Jornalismo e da Democracria, realizado em 9 de setembro de 2019, reuniu mais de mil pessoas na Faculdade de Direito da USP.

O evento foi organizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), juntamente com a Associação Brasileira de Imprensa (ABI), a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), o Instituto Vladimir Herzog, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e com os centros acadêmicos XI de Agosto (Faculdade de Direito da USP), Benevides Paixão (PUC-SP), Lupe Cotrim (ECA-USP) e Vladimir Herzog (Cásper Líbero).

Em nome do SJSP e da Fenaj, Paulo Zocchi lembrou que a Constituição Brasileira assegura o direito à informação e liga esse direito fundamental à prática do jornalismo.

Zocchi, que é presidente do Sindicato e vice-presidente da Fenaj, enfatizou que o atual governo é um inimigo declarado da atividade da imprensa e, desde a eleição, Bolsonaro ataca a imprensa e os jornalistas.

Assista a fala completa de Paulo Zocchi: