Na RedeTV, jornalistas vão para home office e trabalham em duas equipes

Sindicato e redação dialogam sobre novas propostas para negociação com empresa

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

Para preservar a saúde dos jornalistas durante o período da pandemia de coronavírus, os profissionais da RedeTV foram divididos em duas equipes; enquanto uma trabalha na redação, a outra segue em home office. A divisão da equipe e o sistema de rodízio é fruto da negociação do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e a empresa e vale desde quarta-feira (25).

Além de encaminhar uma orientação geral à RedeTV (clique aqui para conhecer as recomendações) no dia 16, o SJSP encaminhou, na última sexta-feira (20), orientações específicas que levaram em considerações as demandas dos jornalistas da empresa e as particularidades do trabalho desenvolvido na emissora.

As outras medidas adotadas pela emissora são:

- afastamento imediato dos doentes crônicos, grávidas e trabalhadores com mais de 60 anos;

- disponibilidade de álcool gel nos corredores da emissora;

- fornecimento de plástico para proteger a espuma do microfone durante as entrevistas e gravações;

- evitar o comparecimento da equipe em coletivas e as gravações de povo-fala na rua;

- realização de entrevistas pessoais apenas se extremamente necessárias;

- evitar a realização de reuniões com mais de cinco pessoas;

Para o diretor do SJSP e jornalista da RedeTV, Sérgio Kalili, “a divisão das equipes e as outras garantias foram super importantes pois a RedeTV estava demorando muito para agir e a pandemia no Brasil está subnotificada e você não sabe quem está infectado. E a adoção de novas medidas mostra a importância do Sindicato e que ninguém é forte sozinho, ainda mais neste momento de crise que estamos vivendo”. Kalili destaca que o diálogo com os diretores de programa e redação e o superintendente de jornalismo contribuíram na formulação das medidas a serem adotadas, no entanto a ação do Sindicato foi fundamental para acelerar a tomada de decisões.

O SJSP reforça a importância do trabalho jornalístico durante a pandemia, por ser uma atividade essencial para informar a população. No entanto, o SJSP ressalta que os profissionais não podem colocar em xeque sua própria saúde e segurança e, por isso, busca garantir medidas que protejam os trabalhadores durante o exercício profissional. O Sindicato acompanhará o cumprimento das medidas por parte da emissora e, com a redação, dialoga sobre novas propostas para negociação com empresa.