Livro de Audálio sobre Vlado é lançado no Sindicato

 
O livro do jornalista e ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), Audálio Dantas, "As duas guerras de Vlado Herzog: da...

audlio01audlio01

 

O livro do jornalista e ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), Audálio Dantas, "As duas guerras de Vlado Herzog: da Perseguição Nazista na Europa à Morte sob Tortura no Brasil", foi lançado na noite de terça-feira (13), no auditório da entidade, denominado Vladimir Herzog, exatamente em homenagem ao jornalista assassinado pelos militares nos porões da ditadura.

 

O lançamento se iniciou com as boas vindas realizadas pelo presidente do SJSP, José Augusto Camargo (Guto) e contou com a presença do rabino Henry Sobel  - personagem da história do assassinato de Vlado - e de vários jornalistas como Luiz Weis, Juca Kfoury, Ricardo Carvalho, Sérgio Gomes, além do cartunista Laerte. Os diretores do SJSP, Evany Sessa, André Freire e Wladimir Miranda prestigiaram o evento.

Audálio ressaltou a importância de efetuar o lançamento do livro no auditório Vladimir Herzog, na entidade dos jornalistas. “A história da resistência à ditadura militar, no episódio do Vlado, praticamente começou neste local. Até hoje não se tem uma dimensão exata do que o Sindicato representou na luta pela democratização do país. Mas posso dizer que escolhi este espaço para lançar o livro por que sei do significado dele para todos os que lutam por justiça e pela democracia”, disse.

 

Rabino Henry Sobel, Audálio Dantas e Guto - Foto: André Freire