Em defesa dos trabalhadores da saúde e pelo direito à informação, sindicatos organizam ato nesta quarta-feira (29)

SJSP e Sindsep protestam às 10h em frente ao Hospital Municipal do Tatuapé, onde Prefeitura quer censurar denúncias dos servidores

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) e o Sindicato dos Trabalhadores na Administração Pública e Autarquias no Município de São Paulo (Sindsep-SP) unem-se em ato nesta quarta-feira (29) às 10 horas, em frente ao Hospital do Tatuapé, em defesa dos trabalhadores da saúde e da liberdade de imprensa.

Após equipes de reportagens denunciarem a falta de equipamentos de proteção individual dos profissionais de saúde que atuam no Hospital Municipal Doutor Carmino Caricchio, que levou a morte da auxiliar de enfermagem Juraci Augusta da Silva e do enfermeiro Idalgo Moura dos Santos, a Prefeitura de São Paulo passou a perseguir os profissionais, transferindo-os de seus locais de trabalho.

Além disso, a Secretaria Municipal de Justiça, por meio de ofício, pediu que a Controladoria Geral do Município puna os servidores públicos por colaborar com imprensa na divulgação dos fatos, classificando as graves denúncias como “exploração midiática”.

Homenagem a trabalhadores vítimas da Covid

O ato também é uma forma de prestar homenagem aos trabalhadores Juraci Augusta da Silva, auxiliar de enfermagem, e Idalgo Moura dos Santos, enfermeiro, ambos vítimas da Covid e da falta de Equipamento de segurança denunciada nas reportagens.

Ato tem transmissão ao vivo pelo Facebook, acompanhe: