Em Campinas, jornalistas em veículos de comunicação já podem se vacinar contra a gripe

Regional Campinas solicitou prioridade na vacinação dos jornalistas com base no Decreto 10.288

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas / Foto: Tânia Rego - Agência Brasil

Desde às 13 horas desta segunda-feira (30), os jornalistas e outros profissionais que atuem em veículos de comunicação localizados no município de Campinas já podem se vacinar contra influenza. A pedido da Regional Campinas do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), a categoria foi incluída nos grupos prioritários de vacinação no município.

“Incluir os jornalistas no grupo prioritário é uma medida importante e necessária tendo em vista que os meios de comunicação foram incluídos no Decreto 10.288 como atividade essencial. Então, os jornalistas é que estão indo às ruas, coletando informações para fazer entrevistas e levantar a notícia e estão na linha de frente e vulneráveis à contaminação”, explicou o diretor da Regional Campinas, Marcos Rodrigues. O diretor lembrou que a vacina não imuniza contra o coronavírus (Covid-19), mas torna os profissionais, de acordo com os especialistas, imune a outros tipos de gripe.

A vice-presidenta Regional da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), Márcia Quintanilha, destaca que Campinas foi pioneira em priorizar a vacinação da categoria, mas destaca que essa ainda não é uma realidade no país, nem mesmo nas capitais. “Por conta disso, a Fenaj encaminhou um pedido ao Ministério da Saúde solicitando que os jornalistas sejam incluídos no grupo de risco e recebam a vacina em todo o país.” A diretora da Fenaj destaca que vacinar a categoria é uma questão de humanidade com os profissionais que estão em risco ao exercer sua profissão e informar a população com qualidade e veracidade.

De acordo com a Regional Campinas, os profissionais podem procurar o posto de saúde mais próximo. Para se vacinar, o trabalhador precisa apresentar a identificação funcional da empresa. (Veja aqui a localização dos postos de vacinação em Campinas)

Na última sexta-feira, dia 27, o SJSP informou as empresas de comunicação do município sobre a inclusão dos jornalistas no grupo prioritário de vacinação.

O Sindicato segue dialogando com outros municípios e com as autoridades de saúde do Estado para garantir que as medidas sejam adotadas em todo o estado de São Paulo.