EBC tenta intimidar trabalhadores com corte ilegal

Por Redação - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

A direção da EBC está orientando os gestores da empresa a registrarem como "falta não justificada" o dia referente à greve de 14 de junho, quando empregados aderiram à paralisação aprovada em assembleia, e comunicada pelos sindicatos à EBC no prazo estabelecido por lei. Com isso, a intenção da empresa é cortar o ponto dos funcionários nesse dia, sem ao menos o registro de greve no ponto eletrônico, o que é ilegal.

A medida é uma clara prática antissindical, na tentativa de intimidar os trabalhadores que aderiram à paralisação contra a Reforma da Previdência, pelo avanço nas negociações do ACT e por um PCR que valorize os empregados. A Comissão de Empregados e os Sindicatos informam que assim que o desconto constar no contracheque dos funcionários, as entidades sindicais buscarão os meios legais apropriados para resguardar os trabalhadores.

Comissão de Empregados da EBC
Sindicatos dos Jornalistas do DF, do RJ e de SP
Sindicatos dos Radialistas do DF, do RJ e de SP