EBC de SP quer trabalhadores na sede em obras

Mesmo em obras, EBC de SP convoca trabalhadores às atividades presenciais

Por Redação

Os trabalhadores da EBC já foram convocados a voltar às atividades presenciais em São Paulo, mesmo em meio às obras de reconstrução da sede. No primeiro dia já foi constatado a falta de condição das estruturas físicas do local: fiação elétrica exposta, falta de equipamentos, falta de ar-condicionado, janelas e dificuldade de circulação do ar, trazendo enormes riscos de contágio. A empresa não elaborou ainda um comunicado oficial sobre as condições da EBC-SP, com a devida orientação para o retorno e os protocolos sanitários que devem ser seguidos. Ademais, não houve, até o momento, liberação do espaço por parte do setor de segurança do trabalho, e critérios estabelecidos pelos Ministério da Saúde e da Economia e Organização Mundial da Saúde (OMS) foram deixados de lado.

 

Os Sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas do RJ, SP e DF e a Comissão de Empregados repudiam esse atentado à saúde de seus próprios empregados por parte da direção da EBC e a falta de respeito com os trabalhadores da comunicação pública. Isto tudo feito de maneira açodada, sem qualquer diálogo com as entidades representativas dos trabalhadores, que buscaram desde o início da pandemia uma reunião com a direção para acordar as melhores práticas laborais.

 

Ainda aguardamos respostas sobre os ofícios encaminhados pelos sindicatos à EBC, com pedidos de reunião sobre o assunto. Os documentos solicitavam, entre outras coisas, um diálogo para estabelecer um plano de retomada das atividades presenciais. Isso se soma aos diversos casos de contaminação de colegas, além da falta de testagem periódica de quem hoje está trabalhando presencialmente.

 

Nesse contexto, os Sindicatos orientam aos trabalhadores utilizarem o Acordo Coletivo de Trabalho para não se submeterem a situações de risco.

 

A cláusula 50ª do ACT – MEDIDAS DE PROTEÇÃO prevê em seu parágrafo sétimo:

 

Parágrafo Sétimo – A EBC garante aos empregados o direito de se ausentarem do local de trabalho, após comunicação à chefia imediata, sempre que se apresentarem condições de iminente risco e/ou adversas à saúde, resguardando-se o direito de proceder à sindicância para averiguação dos fatos.

 

Caso você opte por evocar a cláusula, ao comunicar à sua chefia que não irá comparecer na data para a qual foi escalado(a), envie o e-mail com cópia para diretoria@radialistasp.org.br ou jornalista@sjsp.org.br, conforme o caso. Também encaminhe a mensagem à comissão (comissaoempregadosebc@gmail.com), para que todas as entidades representativas estejam cientes da sua decisão.

 

Grave e salve qualquer tipo de coação e assédios das chefias da EBC. Vamos nos precaver contra o assédio moral e a postura autoritária das chefias.