Demissões atingem jornalistas da Folha na Campanha Salarial

 
 
Em plena Campanha Salarial de Jornais, Revistas e Assessoria de Imprensa da Capital, Litoral e Interior, o grupo Folha, editora dos jornais Folha de S. Paulo e Agora...

DEMISS1DEMISS1

 

 

Em plena Campanha Salarial de Jornais, Revistas e Assessoria de Imprensa da Capital, Litoral e Interior, o grupo Folha, editora dos jornais Folha de S. Paulo e Agora São Paulo, à semelhança de seu concorrente grupo Estado, decidiu efetuar demissões de parte de seus funcionários.
As informações, que não são oficiais, dão conta de que a empresa pretende "enxugar" cerca de 6% dos seus trabalhadores. Na última sexta-feira (dia 13) foram demitidos quatro jornalistas do Agora e no Folhão, de maneira esporádica (há uma dedmissão ao dia), calcula-se que cerca de 20 funcionários já perderam seus empregos.
No Departamento Jurídico do Sindicato, no entanto, foram realizadas em 15 dias três homologações do grupo Folha. O Sindicato pretende questionar as dispensas tanto no Estadão como na Folha durante as rodadas de negociação que acontecem esta semana.
Há notícias de cortes também no Diario do Grande ABC e no Portal IG. Afinal, os resultados dos jornais e revistas mostram que em termos financeiros não há motivos para os cortes, já que as empresas estão superavitárias.