DCI: SJSP alerta profissionais a não vender créditos para terceiros

Contatos sobre ações são feitos apenas pelos canais oficiais do SJSP

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) alerta os profissionais que ingressaram com ação coletiva ou individual por meio do jurídico da entidade a não fornecer dados pessoais para eventuais compra de créditos oriundos da falência do antigo DCI e recomenda que os contatos sejam ignorados, uma vez que o intuito da compra é desconhecido.

O Sindicato segue acompanhando a ação coletiva de falência movida anos atrás. De acordo com o coordenador jurídico do SJSP, Raphael Maia, o processo está em fase adiantada e grande parte dos bens já foi leiloada. No entanto, os créditos trabalhistas só serão pagos assim que todo o ativo for vendido.

As informações decorrentes do processo devem ser feitas diretamente com o Departamento Jurídico do SJSP, que não passa informações dos processos movidos pela entidade a nenhum outro advogado ou empresa e tampouco solicita que seja feito contato aos jornalistas por terceiros. Os contatos são feitos apenas pelos advogados da entidade, através dos e-mails oficiais.

Os processos são de consulta pública, portanto os dados ficam abertos para quem quiser consultá-los, não havendo como restringir o acesso.

Para obter informações referentes ao processo, solicitamos que os jornalistas entrem em contato através dos canais oficiais do SJSP com Eliane pelo e-mail  homologacao@sjsp.org.br  ou pelo telefone (11) 99180-1170.

Diante da pandemia, o Sindicato está sem atendimento presencial, mas segue com suas atividades realizadas pelos funcionários e diretores no sistema home office.