Campanha Salarial: pré-pauta do Interior e Litoral em debate

Manutenção de direitos é prioritária, além de novas cláusulas contra a desregulamentação causada pela “reforma” trabalhista

Por Flaviana Serafim - Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo começou nesta semana a Campanha Salarial 2019-2020 de Jornais e Revistas do Interior e Litoral.

Em visita às redações, os sindicalistas estão debatendo a pré-pauta de reivindicações que será entregue ao patronal. A data base é em 1º de junho e no próximo dia 28 de março (quinta-feira), às 12h, o SJSP realiza assembleias nas Regionais em todo o estado para aprovar a pauta final.

Confira a íntegra da pré-pauta e, para propor mudanças, acréscimos ou exclusões dos pontos, envie mensagem para jornalista@sjsp.org.br.

A luta desta Campanha Salarial é por reajuste salarial que reponha a inflação acumulada no período – estimada em 4% (INPC) -, além de aumento real por conta da produtividade dos profissionais diante do enxugamento das redações, afirma a direção do Sindicato.

Assim como na campanha anterior, continua sendo prioritário manter as  cláusulas já existentes na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT). Nas negociações do período 2018-2019, as empresas propuseram a retirada de vários itens da CCT, mas tiveram que recuar diante da pressão dos jornalistas que se recusaram a aceitar a perda de direitos conquistados ao longo de anos.

Segundo os sindicalistas, também é prioridade deste ano incluir itens na CCT que protejam a categoria da desregulamentação causada pela “reforma” trabalhista. Por isso, novas cláusulas propostas pelo SJSP tratam de questões como terceirização, trabalho intermitente, home office e trabalho temporário.

Outro item que o SJSP quer discutir com o patronal é a garantia de igualdade salarial entre homens e mulheres que executem as mesmas funções ou ocupem os mesmos cargos nas empresas de comunicação, “independentemente de orientação sexual, identidade de gênero, etnia, opção política partidária ou atuação sindical”, como propõe a cláusula. 

Assembleia de aprovação da pauta da Campanha Salarial do Interior e Litoral
Dia: 28 de março de 2019 (quinta-feira)
Horário: 12h 
Local: Regionais do Sindicato dos Jornalistas – confira os endereços

Veja a íntegra do edital da Assembleia Geral

SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS NO ESTADO DE SÃO PAULO
CNPJ/MF n.º 62.584.230/0001-00

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, através de seu diretor Presidente, ao final assinado, nos termos dos estatutos sociais e legislação aplicável, CONVOCA todos os jornalistas profissionais no estado de São Paulo que prestam serviços nas empresas de Jornais e Revistas do Interior do Estado de São Paulo, que este edital virem ou dele tomarem conhecimento, a participarem da Assembléia Geral Extraordinária a realizar-se no dia 28 (vinte e oito) do mês de março de 2019, às 12h00 (doze horas)  em primeira convocação com a presença de metade mais um dos associados em dia com suas obrigações estatutárias e às 12h15 (doze horas e quinze minutos) em segunda convocação com a presença de qualquer número de jornalistas associados ou não, a ser realizada nos seguintes locais: na cidade de Ribeirão Preto, na rua Dr. Américo Brasiliense, n.º 405, sala n.º 404, centro; na cidade de Campinas, na rua Dr. Quirino, n.º 1.319, 9º andar, centro; na cidade de Bauru, na rua  15 de Novembro, 3-70,  centro; na cidade de Piracicaba, na rua XV de Novembro, 549, centro; na cidade de São José do Rio Preto, na rua Antonio de Godoy, 5342; na cidade de São José dos Campos, na rua Santa Clara, 432, centro; na cidade de Sorocaba, na rua Cesário Motta, n.º 482; na cidade de Presidente Prudente, na rua Ulisses Ramos de Castro, n.° 268, bosque. A Assembleia Geral Extraordinária da Regional de Santos, na rua Martim Afonso, 101, 6º andar, sala 61,centro, realizar-se no dia 28 do mês de março de 2019, às 14h00  (catorze horas)  em primeira convocação com a presença de metade mais um dos associados em dia com suas obrigações estatutárias e às 14h15 (catorze e quinze minutos) em segunda convocação com a presença de qualquer número de jornalistas associados ou não, para discutirem e deliberarem sobre a seguinte pauta: 1) Deliberar sobre a PAUTA DE REIVINDICAÇÕES a ser encaminhada ao Sindicato das Empresas de Jornais e Revistas da capital - SINDJORI; 2) Encaminhamentos da Campanha Salarial 2019/2020; 3) Contribuição Assistencial e 4) Autorização para o Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo, através de seu diretor Presidente, realizar negociações e assinar nova Convenção Coletiva de Trabalho com o Sindicato das Empresas de Jornais e Revistas do Interior do Estado de São Paulo - SINDJORI e, na hipótese de não lograr êxito nas negociações, autorizar o mesmo Sindicato, da mesma forma, a instaurar instância suscitando Dissídio Coletivo em face do Sindicato patronal referido, perante o Egrégio Tribunal Regional do Trabalho.

São Paulo, em 23 de Março de 2019.

PAULO LEITE MORAES ZOCCHI
Presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo