Campanha Salarial: índice abaixo da inflação é inegociável, diz SJSP

 
Na nova rodada de negociação da Campanha Salarial de Jornais, Revistas da Capital, realizada nesta terça-feira (dia 16), houve poucos avanços na contraproposta...

cs2013praguinhacs2013praguinha

 

Na nova rodada de negociação da Campanha Salarial de Jornais, Revistas da Capital, realizada nesta terça-feira (dia 16), houve poucos avanços na contraproposta patronal. Os empresários ofereceram elevar em apenas 0,5% a última proposta, o que mantém os reajustes abaixo da inflação estimada em 6,95%, absolutamente inaceitável para os anseios da categoria.

Na mesa, os empresários propuseram elevar o reajuste do piso salarial de 6% (proposta anterior) para 6,5%. Também aceitam subir de 5% para 5,5% o reajuste para salários até R$ 5.5 mil (anteriormente era de R$ 5 mil) e acima deste valor, concessão de uma parcela fixa de R$ 302,50, contra R$ 250,00 da anterior.

O presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP), José Augusto Camargo (Guto), considerou a contraproposta inegociável por que, além de manter os reajustes abaixo da inflação, a divisão por faixas salariais prejudica a ainda mais a maioria da categoria. “Os índices estão muito aquém dos desejado. Os empresários têm condições de avançar nestes valores. Abaixo da inflação, não, pois isto, na prática, significa redução salarial”, diz ele. Os jornalistas reivindicam reajuste de 6,95% (INPC do período) para todos os salários indistintamente, além de aumento real.

Data base

Os jornalistas estão em Campanha Salarial desde o mês passado e nas rodadas de negociações já realizadas conseguiram garantir a data base – e qualquer conquista será retroativa a ela, 1º de junho – e se pretende renovar diversos pontos da pauta de reivindicações. Mas, na primeira proposta de índice econômico que os patrões fizeram, eles deram mostras que não será tarefa fácil e exigirá mobilização da categoria.

Nas negociações realizadas em junho os empresários recusaram quase tudo o que a categoria reivindica. Além disso, apresentaram uma proposta inaceitável de reajuste no piso salarial.

Negociação no Interior e Litoral

No próximo dia 25 (quinta-feira) haverá rodada de negociação com o sindicato patronal do Interior e Litoral. Na ocasião, o SJSP deverá receber a primeira proposta salarial para a categoria.