Campanha Salarial de Jornais e Revistas Interior e Litoral 2019-2020 tem primeira rodada de negociação

Pauta foi aprovada pela categoria em março

Por Adriana Franco - Sindicato dos Jornalistas de São Paulo

Nesta quarta-feira, dia 12, o Sindicato dos Jornalistas de SP (SJSP) dá continuidade à Campanha Salarial de Jornais e Revistas do Interior e Litoral 2019-2020 com a primeira rodada de negociação com o sindicato patronal. A reunião acontece às 11h na sede do sindicato patronal e tem como prioridade prorrogar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) que venceu dia 1º de junho e estabelecer um calendário de negociação.

Este ano, a Campanha Salarial luta por reajuste salarial de cerca de 4%, para repor a inflação acumulada no período e aumento real por conta da produtividade dos profissionais diante do enxugamento das redações.

Além disso, segue como prioritário manter as cláusulas já existentes na CCT. Na campanha anterior, a pressão dos jornalistas que se recusaram a perder direitos conquistados ao longo dos anos garantiu a manutenção de diversos itens da Convenção que as empresas propunham retirar.

Para os sindicalistas, é importante incluir este ano alguns itens para proteger a categoria da desregulamentação causada pela reforma trabalhista. Por isso, as cláusulas propostas pelo SJSP tratam de questões como terceirização, trabalho intermitente, home office e trabalho temporário.

Outro item que o Sindicato quer discutir é a garantia de igualdade salarial entre homens e mulheres que executem as mesmas funções e ocupem os mesmos cargos nas empresas de comunicação “independentemente de orientação sexual, identidade de gênero, etnia, opção política partidária ou atuação sindical”.

Saiba mais sobre o que está em debate nas campanhas:

> Jornais e Revistas: começa a campanha salarial 2019-2020

> Campanha Salarial: pré-pauta do Interior e Litoral em debate